Dois Estranhos


O veterano do Vietnã Cooper Landry possuía ressentimentos profundos em relação a mulheres atraentes. 

Ele já havia escapado de situações perigosas, e a queda de um avião no meio de uma floresta não seria o suficiente para colocar sua vida em risco. 

Rusty Carlson, linda executiva e segura de si, após o acidente experimentava o medo de estar sozinha em um lugar assustador e com um homem que a aterrorizava. 

Ela morreria, mas não dependeria da ajuda dele. Entretanto, predadores selvagens e humanos eram mais uma ameaça. Rusty e Cooper estariam preparados para se entregarem a um forte desejo enquanto lutavam pela sobrevivência? 

Meu Comentário:

Li muitas crítica à esse livro e por esse motivo adiei a leitura dele por um bom tempo.

Confesso que estava preparada para odiar o Cooper, mas sinceramente, eu no lugar dele teria tido atitudes muito piores.

Eu não estava preparada para essa mocinha lesada e mimada que a Sandra Brown criou. Tudo bem ser superprotegida, ter tudo na mão, mas... gentem... essa mocinha é muito fora da realidade.

Eu acho que o Cooper merecia uma mocinha melhor, mas só para constar o livro é bom, aliás, no quesito momentos hots e pré-hots é absurdamente bommmm...rs.

Já o pai da Rusty (que nome é esse gente???) merece o troféu de pai do ano... oh... homim ordinário.

Aliás, falando nisso eu notei que a Sandra tem problema com pais, deve ser alguma espécie de trauma, os pais de Cage de Paixão Explosiva são prova disso e têm também os pais da Aislinn de Em Nome da Honra que são um trauma à parte.

Para finalizar, quero afirmar em alto e bom som que eu gostei do bigodudo...rs. E afff... que bigode (nunca pensei que existiam maneiras tão ousadas de desfrutar um bigode).

Apreciei o final, achei bem original a maneira como a Sandra Brown conduziu as últimas páginas, pois ela colocou uma espécie de epílogo oculto nas páginas, que confesso foi uma agradável surpresa.

Nota 10.

6 comentários:

ALEXIS disse...

Acho que vou querer conhecer este bigodudo, kkkkkkkkkkkkkkkkk
Então... temos mais pais indigestos é? Ui!!!
Bjus

Carla disse...

Do jeito que eu gosto dessa autora duvido que eu vá odiar esse livro.


Pois é... Nunca tinha pensado nisso. kkk Em Chuvas de Verão o pai do mocinho tb é um crápula mesmo no leito de morte.

Lidy disse...

Bigode? Ai, bigode não! Um cavanhaque até que vai, mas bigode é broxante!

Enfim, vou caçar. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Mara disse...

Alexis!

Amiga corra atrás... as cenas da cabana são ótimas... e vc nunca mais vai olhar um bigode do mesmo jeito...rs.

*****/*****

Carla!

To te falando... a SB tem realmente traumas com família... não pode ser coincidencias, é muito livrinho com pais "que ninguém merece".

*****/*****

Lidy!

Querida cunhada, eu tb pensava assim... Mas sinceramente depois de conhecer o Cooper, eu realmente mudei de opinião...rs.

bjos meninas!
Mara

Andrea disse...

Amiga,

Desta vez, excepcionalmente, vou discordar de você: achei que esse cara é um ogro digno da Diana Palmer, que a mocinha retrocedeu - de independente virou submissa e bobalhona - e que não há meio no mundo de eu apreciar um bigode! Tô com a Lidy: broxante... kkkk

O cara é arrogante até a medula e não há nada que justifique esse comportamento. Acho que a Sandra Brown tava de "ovo virado" quando escreveu esse aí...

De comum, só a indignação com o pai: primeiro, que nome esdrúxulo foi aquele? Segundo: com um pai desses, quem precisa de inimigos.

Beijos!

Mara disse...

Andrea!

kkkkkkkkkkkkkkk

Como eu disse anteriormente eu adiei bastante a leitura desse livro por conta das críticas.

Em tempo, quero esclarecer que o Cooper não é meu "número", leia-se meu tipo de mocinho predileto, no entanto eu achei a Rusty mais irritante do que o próprio Cooper.

Agora a questão dos pais, merece um estudo profundo, afinal são muitos livros com o mesmo tema base, pais malvados, egoistas e cruéis.

Quanto ao bigode, também nunca apreciei... mas as descrições me causaram certa curiosidade...kkkkkkkk

bjos
Mara

Postar um comentário

Olá sejam Bem-vindos! E por favor deixem seus comentários.

Subscribe