O homem que Callie amava a desiludira. Agora, ela se casaria com seu melhor amigo. Mas Eduardo permitiria que Callie subisse ao altar grávida de seu herdeiro?

Callie Woodville sonhava com o dia de seu casamento desde
pequena. Mas nunca imaginou que aconteceria assim!


Ela pensava que havia encontrado o homem perfeito e que
ele era seu perigoso e sedutor chefe, Eduardo Cruz.


 Mas “Saia daqui!” não era exatamente o que ela esperava ouvir...
 


Meu Comentário:

Callie nas primeiras linhas dessa história me pareceu mais vilã do que mocinha, pois ela teve sim uma noite de amor e foi expulsa.

Mas, quando Eduardo aparece e os acontecimentos são divulgados à luz clara e cruel dos fatos, vemos que o Eduardo não estava tão errado assim.

Eduardo é o chefe de Callie, e com a convivência consegue confiar em alguém pela primeira vez, coloca a Callie em um apartamento de luxo para segurança dela e eles ainda não tinham nenhum envolvimento.

Na noite em que eles ficam juntos, Eduardo sai e vai ao apartamento buscar algumas roupas para ela ficar com ele, apenas para descobrir que Callie estava vivendo com o noivo, e ela tinha acabado de lhe entregar a virgindade.

Pensa que ele a confrontou com a dura realidade? Isso seria fácil demais, homens de Jennie Lucas gostam do sistema bruto...rs.

Enfim, apesar da decepção, Eduardo não tira ela do apartamento, mas a demite e não lhe dá a mínima chance de arrumar um novo emprego.

É claro que Callie ficou grávida naquela única noite de amor, e para voltar para casa ela vai se casar com o melhor amigo.

Detalhe que a torna egoísta e perversa: A irmã de Callie, a Sammy é apaixonada pelo Brandon desde sempre, mas ele só enxerga a melhor amiga Callie que combinou com ele quando eles eram crianças que se não se casassem com ninguém até os trinta anos, então eles se casariam. 

Sammy que não é boba nem nada, liga para Eduardo e conta tudo para ele, inclusive que ela está esperando um filho dele.

E aí, Eduardo mostra a que veio, e toma conta da situação. Sequestra Callie vestida de noiva, e para ficar mais dramático Callie entra em trabalho de parto.

Callie está de nove meses e a cerimônia de casamento acontece simultaneamente ao parto.

Com um contrato p-nupcial assinado às pressas, atada a Eduardo por pelo menos treis meses, com perigo de perder a guarda de Marisol, Callie vive um tormento e tanto.

Quando finalmente acha que está livre, Eduardo resolve tornar o casamento real e eles vivem um conto de fadas.

No entanto, Eduardo manipula a situação e não é nada bonzinho, sua insegurança a afasta da família completamente, a ponto de de levá-la  para outros países.

Quando a verdade for descoberta Callie perdoará Eduardo? O amor tão frágil entre eles será capaz de construir um casamento de verdade?

Bem pessoal, eu amei o Eduardo com suas falhas e erros, sua história de vida é dolorosa e quando a descobrimos conseguimos entender suas atitudes e até conseguimos perdoar.

A remissão me convenceu e as cenas finais é um tanto clichê, mas como amo final feliz, na minha humilde opinião valeu.

Nota 10.


    
 

6 comentários:

Lidy disse...

"Detalhe que a torna egoísta e perversa: A irmã de Callie, a Sammy é apaixonada pelo Brandon desde sempre, mas ele só enxerga a melhor amiga Callie que combinou com ele quando eles eram crianças que se não se casassem com ninguém até os trinta anos, então eles se casariam."
Cunhada, até vejo a cena:
- Estou grávida.
- Parabéns.
- Você prometeu que casaria comigo se eu completasse 30 anos e estivesse para titia, mas agora tenho (quase) 30 e em vez de titia vou ser mamãe solteira. Casa comigo AGORA.

Afff...

Olha, não sei porque, mas tenho uma birra com a Jennie Lucas. Por mais que eu queira, é só ver o nome dela na capa de um livro que eu saio de perto.

Mara disse...

Lidy!

Não foi bem assim, mas admito que o Eduardo vale a leitura.

Os livros da Jennie são polêmicos, mas gosto da remissão.

bjos
Mara

Lidy disse...

Oh my dog, então foi pior! kkkkkkkkk

Eu também gosto das redenções, mas não sei... acho que preciso fazer terapia pra descobrir qual é meu problema com ela. rsrs

E o Eduardo parece bem decidido. hehehehe Você se a irmã da mocinha do mal tem livro?

Bjos

Mara disse...

Lidy,

Quanto a sua pergunta sobre a Sammy, acredito que não, pois o relacionamento dela com o Brandon é decidida nesse livro mesmo.

bjos
Mara

Bethynh@ disse...

eita dúvida cruel, agora não se leio ou não?

Mara disse...

Oi, Bethynh@!

Sobre o livro do Eduardo, eu acho que vc deveria ler sim...rs, e por favor volte aqui e me conte a sua opinião...rs.

Vou esperar ansiosa.

bjos
Gracias pela visita!
Mara

Postar um comentário

Olá sejam Bem-vindos! E por favor deixem seus comentários.

Subscribe