Ele não poderia ignorar seu herdeiro. Aquele deveria ser o último encontro para assinar os papéis do divórcio. Mas a paixão os dominou e Maggie King foi embora com algo além de uma decisão legal: levava em seu ventre o filho que Justice King sempre evitara. 

Ela jamais teria a coragem de revelar a verdade para ele. Mas quando as circunstâncias a obrigaram a retornar ao rancho de seu ex-marido, não conseguiria ocultar a verdade por muito tempo. 

Ele seria pai, ainda que renegasse seu filho. Pois ter um herdeiro de seu sangue significava que cometera o maior erro de sua vida…

Meu Comentário:

O mal de Justice é o orgulho, de todos os King que li sem sombra de dúvida foi o mais orgulhoso e teimoso.

Justice não confiou no amor de Maggie e a deixou partir, não uma, mas duas vezes.

E quando o milagre acontece, Justice simplesmente não acredita e torna a vida de Maggie, Jonas e dele mesmo um verdadeiro pesadelo.

Sem dúvida alguma a remissão de Justice é linda. Para ter a mulher de sua vida e o seu filho ao seu lado, ele se vê numa situação que jamais imaginou...

... Para ser feliz o Rei do Orgulho, tem que abrir mão de tudo e pedir, na verdade implorar... com um milagroso...

- Por favor, Fique!

Absolutamente perfeito! Nota 10.

_____________________________________________________



Um casamento inesperado… e um filho?

Todos aceitavam as ordens de Jefferson King. Menos os moradores de um vilarejo que ele havia encontrado na Irlanda para a produção de seu último filme. Ao retornar à cidade, descobriu que ninguém se dirigia a ele. Afinal, engravidara uma das moças.

Meu comentário:

É impossível encontrar o amor mais de uma vez na vida?

Pois bem, em vez de aceitar e agradecer a benção recebida, Jefferson se recusa a ser feliz, apenas para manter a promessa que fez a primeira esposa.

Maura é absolutamente perfeita, se recusando a aceitar migalhas ou um casamento de conveniência, ela exige o amor pleno e absoluto.

Os trechos  hots são de perder o fôlego, o desespero impresso nas atitudes de Jefferson são um capitulo à parte.

A prestimosa ajuda de Jess e Justice são hilárias, já que a bem pouco tempo eles estavam em tão papos de aranha quanto Jefferson.

Nota 10.

P.S. Ainda bem que já li Fim da Solidão, ou ficaria frustada esperando o tão famoso Jericho King, o fuzileiro... tão citado nesses dois últimos livros.


Série: Kings of California

1.Bargaining For King's Baby (2008)
2.Marrying For King's Millions (2008)
3.Falling For King's Fortune (2008)
4.Wedding at King's Convenience (2009)
5.Conquering King's Heart (2009)
6.Claiming King's Baby (2009)
7.The Last Lone Wolf (2010) - Fim da Solidão - Maureen Child - Harlequin Special 34
8.Cinderella & the CEO (2010)

1 comentários:

ALEXIS disse...

OMG!!!
Eu quero!!!! To louca atrás dos King remanescente e a culpa é tua Mara, kkkkkkkkkkkkkkk. Até agora só tenho a história 1 e 2, buááááa
Adoro esses bofes orgulhosos!!!!!
Bjus

Postar um comentário

Olá sejam Bem-vindos! E por favor deixem seus comentários.

Subscribe