Casamento de Conveniência

Romance histórico
Inglaterra, 1776.

Quando o conde de Rule pede a mão de Elizabeth Winwood, não sabe o problema que causará à bela jovem. Ela está comprometida com o admirável mas pobre, tenente Heron. O final infeliz para essa história só pode ser impedido pela impetuosidade da irmã mais nova de Elizabeth, Horatia, que se oferece para se casar com lorde Rule.

Meu Comentário:

Ganhei esse livro da minha irmã de coração Rogi por ocasião do meu aniversário. Gracias amiga de (S2) coração pelo carinho e pela amizade sempre constante.

Agora vamos ao livro. Posso dizer que é um livro no estilo Jane Austen e já vou avisando que como foi escrito em 1934, não há nenhuma cena hot.

A autora faz um retrato bem fiel aos costumes da época em que o livro acontece, leia-se 1776.

Apesar de sua ousadia, eu particularmente achei a Horatia um tanto parva e infantil; o Rule no entanto tem um tom condescendente que as vezes  irrita, mas que também gera ótimas cenas cômicas.

Com um jeito todo próprio e muito peculiar Rule acaba por "domesticá-la"

Amei a cena em que ele de máscara finge ser o "pretenso amante vilão" e ao beija-la, ele recebe um belo tabefe e ela sai absolutamente chocada, corre ao encontro do marido e conta-lhe tudo o que aconteceu...

... Apenas para descobrir que era o próprio Rule sob a máscara.

Livro perfeito. Nota 10.

Mais uma vez, Gracias Rogi pelo lindo presente.


0 comentários:

Postar um comentário

Olá sejam Bem-vindos! E por favor deixem seus comentários.

Subscribe