Coração Vencedor


Lance Matthews era um sonho impossível para Cynthia Fox. Embora ela o amasse desde sua adolescência, não fora capaz de conquistá-lo.

Anos depois, a menina se tornara mulher, e estava de volta ao mundo do automobilismo… no qual ele ainda reinava.

O piloto imbatível se tornara um poderoso empresário, e as marcas do tempo só o haviam deixado mais atraente. 

No entanto, Foxy não havia superado a dor da rejeição, e era difícil se permitir perdoar… mesmo que Lance estivesse finalmente pronto para retribuir seu amor.

Meu Comentário:
Cyntia Fox teve uma vida bem diferente das outras garotas, depois de uma tragédia famíliar, foi criada pelo irmão que era piloto de corrida.

Em meio aos carros, largadas, mecânicos e muita fumaça ela conhece o melhor amigo de seu irmão Lancelot Mathews.

A paixão instantânea abalou a vida da pequena Foxy, e a rejeição fria de Lance a desiludiu e a afastou do mundo das corridas por 6 anos.

Depois desse longo período o reencontro com Lance produz faíscas. 

Eu poderia me apaixonar por Lance, mas isso não aconteceu. Simplesmente não consegui amá-lo.

Seu controle absoluto das emoções, seus olhos gélidos, seus comentários sem emoção tornaram a leitura uma mistura de raiva e impotência. 

Torci muito para que Foxy conseguisse fazê-lo perder o controle. Admito que algumas vezes ela conseguiu, mas ele se recuperava tão rápido e a frieza era tão constante que acabei por desistir.

Já Kirk o irmão de Foxy e Pam, a repórter e melhor amiga de Foxy, nas nuances que vi sim daria um excelente romance.

Ah! Queria também uma história com Melissa, prima de Lance dona de uma personalidade única com o playboy Jonathan que pelas tiradas prometem um excelente romance.

Enfim, nota 5 em respeito a autora Nora Roberts, pois conheço bem o seu talento!

2 comentários:

Andrea disse...

Oi, Mara!

Até que enfim encontrei alguém com a mesma opinião que eu. Neste livro, os coadjuvantes é que deram um banho e mereciam livro próprio (será que existe?).

O Lance, na minha opinião, foi um ser tão introspectivo, tão frio, tão longe da situação que parecia que a história não era dele.

Daria um 4.

Beijos!

Mara disse...

Oi Andrea!

Eu realmente fiquei com medo da reação das fãs da Nora... mas infelizmente não podia me calar.

Se descobrir se tem os outros livros me avise plisssss... principalmente o da Melissa e do Jonathan... queria tanto saber como ela fará para ele pedi-la em casamento...kkkkkkkk...

Quanto ao Lance... nunca tinha visto um mocinho tão frio criado pela Nora...

Por exemplo a série Noturna tem homens misteriosos e um tanto sinistros... mas são tão... tão apaixonantes que é impossível ficar imune a eles!

Enfim, talvez a Nora estivesse em 1982, que foi quando escreveu esse livro, de TPM!...rsrs.

bjos
Mara

Postar um comentário

Olá sejam Bem-vindos! E por favor deixem seus comentários.

Subscribe