Esplendor da Honra

Esplendor da Honra (versão atualizada)

Na corte inglesa medieval, a amável lady Madelyne sofre com os caprichos de seu perverso irmão, o barão Louddon. Para se vingar de um crime revoltante, o barão Duncan ataca as terras de Louddon com seus guerreiros. 

Madelyne foi o prêmio que ele capturou, porém, ao contemplar a orgulhosa e bela dama, ele jura arriscar sua vida para protegê-la. Apesar de seu tosco castelo, Duncan demonstra ser um gentil cavalheiro. 

Mas quando, afinal, a nobre paixão domina a ambos, Madelyne se entrega com toda a alma. Agora, por amor, Madelyne enfrentará qualquer coisa, tão corajosamente quanto seu senhor, o poderoso e combativo Lobo.

Meu Comentário:.
Já tinha ouvido maravilhas a respeito desse livro e vinha acalentando o desejo de ler ele já a um bom tempo.

Depois dos elogios da Rogi e mais algumas meninas que leram e amaram coloquei ele no meu albúm de procura no orkut, e graças a "Alexia" da Comu AR ele finalmente chegou nas minhas mãos.

Confesso que desde a 1ª linha me senti seduzida pelo barão de Wexton, isso porque até o final do primeiro capítulo ele sequer tinha aberto a boca.

Força, coragem, honra são ótimas definições para descrever Duncan, ah! presunçoso também, mas nesse caso pra mim a palavra não é defeito.

Tanto quanto Duncan eu me surpreendi com a atitude de Madelyne ao resgatá-lo, pois ela oferece o calor de seu próprio corpo para salvar seus pés congelados, com essa ação ela transforma as resoluções de vingança de Duncan e marcaram minha mente para sempre.

A possessividade que toma conta de Duncan é irresístivel. Já Madelyne é uma daquelas mocinhas que apesar de inocentes não são burras e isso proporciona uma leitura perfeita.

A família do lobo é tão peculiar que se eu for descrever minha opinião sobre cada um, vou acabar por implorar histórias com todos eles.

Ah! Lembrando que tem uma história de amor sofrido que ocorre paralelamente à principal e que com certeza absoluta daria um outro excelente livro.

Adela com seu trauma e Gerard com sua contância e teimosia merecia um livro só deles, como citei acima.

Adela, Gilard e Edmond, a irmã e os irmãos de Duncan, são ótimos e se afeiçoam a Madelyne de tal forma que é impossível não se apaixonar por todos.

Na minha opinião a melhor cena com certeza é quando Duncan vai buscar Madelyne na casa do tio com 100 homens de guerra para demonstrar a ela o seu valor. Cena belíssima.

Enfim, Super vale a pena, pois é uma leitura inesquecível.

Nota 10.

10 comentários:

Mimi disse...

Tenho esse livro na minha pilha desde o ano passado. Tb já li várias resenhas ótimas sobre ele. Agora definitivamente me deu vontade de tirá-lo da minha estante. Já li Desejo Rebelde e Querido Guerreiro da autora e amei.

bjks

Suelen Mattos disse...

Já ouvi falar tanto dos livros dessa autora... Parecem ser ótimos mesmo!!!

Tem meme lá no blog Romantic Girl pra vc:

http://su-romanticgirl.blogspot.com/2011/04/desafio-marcados.html

Bjs!!!

Mara disse...

Mimi!

Conselho de amiga... coloca ele no topo da pilha e pega pra ler imediatamente... você não vai se arrepender, na verdade vai fikar pensando porque não leu antes...kkkk.

bjos
Mara

Mara disse...

Suelen!

Essa autora é Maravilhosa... li "Desejo Rebelde" e "Esplendor da Honra", gostei do primeiro, mas do segundo confesso fiquei em estado catatônico de tão apaixonada...rs.

Brigado pelo MEME amiga, assim que tiver um tempinho post ak.

Bjos
Mara

Mil suspiroos disse...

Aiaia!

Julie Garwood é uma das minhas Divas!
Ao lado de Nora Roberts! :)

Tem selinho pra vc no meu blog

http://milsuspiroos.blogspot.com/2011/04/selinhos.html

Renata Cristina
Bjosss

Mara disse...

Oi Renata... brigado pela visita, pelo comentário e principalmente pelo selinho...

Ta meio corrido, mas assim que der posto o mimo ak ok?
bjos
MARA

Silver Fox disse...

Maravilhoso!!!
Apesar de ter lido na versão gasosa e a revisão ter deixado a desejar (não tinha créditos no arquivo)a história é demais.
Fazia tempo q eu não lia algo tão bom.E concordo q a autora deveria investir nos irmãos p/ uma continuação...rs
Bjus

Mara disse...

Oi Silver!

Fiko feliz que tenha gostado da dica... e sim a versão gasosa ta meia boca... mas nada que comprometa a história.

Amei os irmãos... e espero realmente que a autora desperte para que haja as continuações.

bjos
MARA

Carla disse...

Estou lendo esse livro agora. Nunca o li antes pois só havia uma tradução de fãs que eu sinceramente tentei ler algumas vezes mas sempre desistia. Finalmente consegui o livro, mas o curioso é que a tradução não me parece estar muito melhor. kkk Os diálogos estão muito estranhos. Parece uma mistura de PtBr com PtPt (amo ambos mas misturados fica muito estranho) e tem até frases mal construídas. Curiosa como eu sou, descobri que a tradutora casou com um americano e mora nos Estados Unidos há anos já. Talvez seja essa a razão para o português estar um pouco estranho. Mas acho que alguém deveria ter revisado a tradução dela. kkkk

De qq forma, estou adorando a história.

Bjs

Mara disse...

Carla!

Eu sou suspeita em falar... mas amoooooooo demais esse livro. Por vários motivos, mas principalmente por que o mocinho dá uma prova de amor e de valor irrefutável... Simplesmente lindo!

Quanto a tradução... quando li, foi o livro mesmo e não achei nada estranho não.

Aguardo ansiosa seu parecer definitivo!

bjos
Mara

Postar um comentário

Olá sejam Bem-vindos! E por favor deixem seus comentários.

Subscribe