Lady Jocelyn MacCallum sempre achou que se casaria por amor. Contudo, o preço a pagar pela liberdade de seu irmão é bastante alto: ela deverá se tornar esposa do temido guerreiro Connor MacLeary, um acordo que pode custar sua própria vida. 
Ao ver o rosto de Connor, tão belo quanto severo, surge em seu coração a esperança de que sejam falsos rumores que dizem ser ele o assassino de sua primeira esposa. Ainda que sua reputação seja a de um bárbaro escocês, selvagem e indomado, será Jocelyn capaz de encontrar o caminho para o coração do verdadeiro Connor?
Meu Comentário:


Connor a “Fera das Terras Altas”.

O Epílogo diz muito sobre o romance da Fera das Terras Altas.
Tem cenas hots, depois de a Bela domar a Fera, claro que foi depois, porque antes ninguém merece... afffffffffff

Gostei principalmente das cenas finais onde a fera passa a ser um gatinho... totalmente domado.

Ah! Sem esquecer claro da mega-cena possessiva onde ele a marca num lugar que todos vêem principalmente o ex-dela, e outra marca que só ele e ela podem ver.

Hum! Gostei do Rurik e do Duncan e já vou colocar eles na lista de leitura.

Nota 9 ( porque ... affff como é teimoso...rs).

Epilogo... só pra dar gostinho...rs

"Nas longas noites de inverno se conta a história da Besta que vagava pelas Terras Altas da Escócia. Era tão fera a criatura, que até os homens mais valentes a temiam.
Seu nome se utilizava como maldição quando um perigo espreitava. E as mulheres rezavam para não encontrar-se nunca com ele.
E como em muitas histórias que se contam nas longas noites de inverno, esperava-se que o amor o conquistasse tudo e a bela domasse à besta.
Entretanto aquela besta foi capturada por uma mulher a que ninguém considerava bela e que o amansou ao dar a luz ao filho que tanto tinham desejado.
Ao final da história sim foi o amor o que o conquistou tudo e amansou à besta."

0 comentários:

Postar um comentário

Olá sejam Bem-vindos! E por favor deixem seus comentários.

Subscribe