Uma história incrível em que o desejo aproxima um casal do prazer e do medo!

Depois de ser rejeitada por um ex-namorado, Kara Crawford encontra em uma antiga paixão o homem capaz de realizar suas mais obscuras fantasias sexuais. Seu antigo colega de escola, Dante de Matteo, tem nas fantasias de Kara uma combinação perfeita para a sua. O que eles não esperavam é que essa relação durasse mais de uma noite. Tudo muda quando Dante é contratado pelo escritório de Kara e eles passam a ter que lidar diariamente com o medo e o incrível desejo.

No Limiar do Desejo é o segundo livro da trilogia de romance erótico, de Eve Berlin, iniciada com o sucesso Luxúria.
Conheça a história de como Kara Crawford satisfaz todas as suas fantasias sexuais com o antigo colega de escola Dante de Matteo, com quem passa a trabalhar. Uma história cheia de erotismo, tensão e intensidade. 


Meu Comentário:

Eu confesso que estava temerosa em ler esse gênero de livro, pois depois de ler tantas críticas e fatos cabulosos nessa febre que virou os lançamentos de livros BDSM, já não sabia se eu seria sortuda o suficiente para iniciar com o pé direito na leitura.

Eve Berlin tem uma narrativa direta, as palavras são cruas, os desejos declarados sem meias palavras.

Como ainda não li "Luxúria", não posso opinar sobre o livro anterior, mas em "No Limiar do Desejo" temos uma história de amor.

O fato de Kara e Dante terem se conhecido no Colégio e já naquele tempo Dante ao defendê-la de um namorado violento mostra muito do seu caráter, elevou a leitura em muitos pontos, afinal existia sentimento, não era apenas a satisfação mútua de desejos perversos.

Tanto Dante quanto Kara passaram por histórias familiares complicadas, que influenciaram diretamente em suas escolhas de vida.

A relação BDSM não é, pelo menos nesse "relacionamento" tão violenta quanto eu temia, e o fato de Dante colocar o prazer e bem estar de Kara acima de sua própria satisfação o torna um gentleman, em vez do dominador egoísta e violento, quase psicótico que eu temia encontrar.

A luta deles contra o amor que os está deixando prostrados, é de uma sensibilidade que admito me despertou  vontade de chorar.

Na minha humilde opinião é um livro tão bom quanto os romances tradicionais que a gente ama e está tão acostumada.

É claro que algumas cenas são mais hots do que sempre lemos, mas gostei do respeito de Dante sempre perguntando à Kara se podiam seguir em frente.

Kara não é submissa 100%, e esse fato agrada Dante mais do que o aborrece.

O fato deles serem iguais fora do mundo BDSM torna a relação mais equilibrada e saudável.

Não houve chicotes, vendas e nem amarras, nada radical, alguns encontros íntimos em locais públicos-proibidos e muito carinho e respeito.

Enfim, obrigado à Maria João da Leya (editora Lua de Papel), por me fazer contornar o preconceito e descobrir que Eve Berlin é uma autora digna de nota.

Nota 10.

Ps. Nem preciso dizer que me apaixonei pelo Dante né?... rsrs.

Ps². Tem resenha dele no Romances in Pink.


5 comentários:

Lidy disse...

Cunhada!

Definitivamente eu quero! Você sabe que adoro um italiano, né? E meu coraçãozinho está implorando para eu dar uma chance a esse em particular, que gosta de uma mulher não tão submissa. rsrs Sem contar que o livrinho foi indicado pela cunhada preferida! :)

Bjos

Mara disse...

Lidy querida,

O Dante é tão fofo que se não fossem os tapas, eu nem me lembraria que estava lendo um livro no genero BDSM.

Ah e só para constar a Andrea (linda) Jaguaribe me enviou o primeiro dessa trilogia... "Luxuria"

Em breve teremos resenha!

Lidy disse...

*dançando feliz*

Bjos

Andrea Jaguaribe disse...

Mara, parabéns pela resenha!

Não gostei de Luxúria e confesso que se não fosse por algumas resenhas de pessoas com gosto literário parecido com o meu, logo "confiáveis" kkkkk, teria passado direto por esse livro...

Mas resolvi dar uma chance ao livro e não me arrependi. Muito melhor do que Luxúria porque o casal convence, o sentimento entre os dois não surgiu do nada: uma antiga chama foi reacesa e aí a história pegou fogo!!! kkkkk

Aviso às editoras: vocês começaram a editar qualquer coisa que tivesse conotação erótica sem se preocupar com a qualidade. Portanto, estamos cansadas dessa onda, ficou tudo sem sentido.

Logo, sugiro adotarem uma boa prática de gestão: primar pela qualidade, não pela quantidade e diversificar. A gente não gosta de ler uma temática só, não!

Tem muita autora boa que estamos rezando ajoelhadas no milho para editarem e ficam editando coisas grotescas tipo "Falsa Submissão", "Bem Profundo" e outras porcarias. Esses eu quero mais é que encalhem...

Parem prá pensar: se a gente importa livros de Portugal, gasta uma grana de frete e de acordo com o pessoal da blogosfera, somos um dos maiores compradores da Wook, ao ponto da livraria fazer um dia de frete grátis prá cá, se não valesse a pena e a gente não comprasse, eles jamais fariam isso, pois o custo é grande!!!

Portanto, não saiam publicando a esmo para depois não vender... Entrem nos blogs, façam pesquisas e vocês encontrarão o que a gente quer. Assim, vocês faturam e a gente fica satisfeito!!!!!

Beijos!!!!

Leituras & Devaneios disse...

Tbém gostei bastante dele :)

Postar um comentário

Olá sejam Bem-vindos! E por favor deixem seus comentários.

Subscribe