O livro mais aguardado pelas fãs da série narra a história de Zsadist, o membro mais assustador da Irmandade da Adaga Negra.

Zsadist foi por muito tempo um escravo de sangue, e por isso, ainda carrega as cicatrizes de um passado repleto de sofrimento e humilhação. 

Conhecido por uma fúria que não acaba e por atos sinistros, ele é um selvagem, temido igualmente por humanos e vampiros. 

A raiva é sua única companheira e o terror, sua única paixão... Até que resgata uma bela vampira das garras da maligna Sociedade Redutora. 

Bella sente-se imediatamente enfeitiçada pela ardente força que emana de Zsadist. 

Entretanto, mesmo quando o desejo de ambos começa a consumi-los, a sede de vingança de Zsadist contra os torturadores de Bella o leva à beira da loucura. 

Agora, Bella deve ajudar seu amante a superar as feridas de seu atormentado passado e vislumbrar um futuro ao lado dela...


Meu Comentário:

Lá vamos nós de novo, mais um debate do ALMA Imortais no Facebook, e eu vou parar aonde?????

Sim, para os braços do homem mais traumatizada que tive a graça de conhecer.

 Zsadist!

Só para adiantar, confesso aqui que eu me esforcei e muito para que ele fosse o escolhido para esse debate, pelo simples fato de que ao ler o livro do Rhage, simplesmente não podia pensar em deixar a Bella mais tempo, nas mãos nojentas e violentas do talcoso do "David Ormond".

Então como não poderia deixar de ser, eu chorei, me revoltei e me comovi no livro todo. 

Sim, riam à vontade, estou rendida aos Adagas!!!! 


Vamos ao livro:-

Logo nas primeiras páginas já me encantei, foi sublime ver o desespero que Z fica com o sofrimento de Bella, e a possessividade é boa demais de se assistir, chega a aquecer o coração.

O fato de Z precisar ser amparado entre Phury e Wrath enquanto Bella é examinada é de cortar o coração.

Z cantarolando no idioma antigo, falando sobre céus azuis, brancas corujas e verdes prados é de arrepiar.

Phury e Wrath chocados com o canto é uma cena que se não fosse triste, seria hilária.

O fato de Phury se sentir territorial em relação a Bella me pareceu um tanto bizarro... e muito perigoso.

Eu odiei o Phury com toda a força do meu ser, por pensar o pior do Z, quando tudo que ele fez foi ir ao encontro de Bella ao ouvir-lhe o grito.

O trauma de John e seu medo de que Tohr descubra toda a dor do seu passado é de debulhar o coração.

Bella pedindo abrigo a Z me fez chorar.

Oh, my dog... o Z oferecendo o Phury para a Bella beber em seu lugar... afff que vontade de bater no Z! Mas ao mesmo tempo, isso me fez amá-lo ainda mais.

Butch achar que Phury é gay é hilário demais, naquela cena da Boate com o Rhevenge.

O fato do Z abrir mão de Bella em favor do Phury é de cortar o coração.

Gente e o que é a Bella no cio???  Realmente é de quebrar os irmãos... sorte de quem já achou a sua Shellan nessa situação, quanto aos solteiro...rs pobrezinhos!

Até para comer Z escolhe os melhores pedaços para Bella, me digam como não se apaixonar por ele?

O momento em que Z se olha no espelho e constata que a cor de sua íris não estão mais negras, mas estão amarelos como do Phury... e este diz:

-Bem-vindo de novo, meu irmão.

É uma cena que me fez tragar o folego e engolir o soluço

Phury cortando os cabelos, se talhando a si mesmo... fazendo o que era necessario pra poupar a seu gêmeo... admito chorei.

E o final não posso comentar ou seria realmente um Spoiller do mal! 

No entanto não posso deixar de citar a frase que traduz o livro, pelas palavras do próprio Z:-

- Estava morto até que me encontrou, embora respirava. Estava cego, embora podia ver. E então chegou você... e estava acordado.

Nota 10, absolutamente perfeito!

Ps. Música para Leitura Breath Again - Sara Bareilles

10 comentários:

Alexis Leehlan disse...

Mara....
Talcoso foi demais. Adorei. O David é doentio demais..mas tbm pra fazer figura no timinho do Ômega só podia ser né?
To feliz que vc tenha gostado do Z. foi o primeiro livro da IAN q eu li e tenho um carinho todo especial por ele. chorei mto lendo, relendo..lendo outra vez, kkk é o vicio!

Bem vinda ao clube das "adaguetes" kkkkkk


Bjus

Mara disse...

Alexis!

Você realmente é muito culpada, e olha que eu resisti bravamente...

Agora, vamos ao Rei Cego!

bjos
Mara

Rafaela disse...

"Sim, riam à vontade, estou rendida aos Adagas!!!!"

Então...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!!!!!!!!

Ai Marinha que felicidade ver vc de quatro pelos Irmãos, vc não sabe o quanto esperei por isso! *__* Não tem como não se emocionar com esse livro, é PERFEITO! É por essas e outras que a JR é a minha Diva, minha escritora favorita, não tem série no mundo melhor que a IAN, fato!
O Phury é um fofo não tenha ódio dele, ele só demorou um pouco (como todos os outros) a se convencer que o Z tinha mudado mesmo, ele conhece o Irmão que tem, afinal, o Z tinha uma reputação péssima antes da Bella entrar na vida dele. Eu adoro o Phury, ele não é meu Irmão preferido mas acho ele um fofo, ele tem uma das qualidades mais bonitas pra mim: é completamente altruísta (tanto que as vezes isso até chega a ser um defeito, afinal a pessoa precisa ter amor próprio tbm) e ele ainda é super malinterpretado por um monte de fãs, que o acham chato, tadinho. =/

Espero que vc ame o Rei Cego, adoro o Wrath, foi o 1º da IAN que li. ^^

Bjs

Lidy disse...

*com um sorriso de orelha a orelha por saber que agora é culpa da Alexis*

Cunhada, sua resenha ficou ótima! Arrasou!

"Butch achar que Phury é gay é hilário demais, naquela cena da Boate com o Rhevenge."
Beeeeeeeeeeeemmmmmmmmmmmmmmmmmmm, convenhamos que ele tinha razão, né? E eu nem ligaria se o Phury e o Rehv quisessem ser gays juntos kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Ah, concordo com tudo que a Rafa disse. O Phury é um verdadeiro herói - deve ser porque eu tô vivendo a filosofia do f(*)-se, mas eu no lugar dele teria mandado os Irmãos, as shellans, os lessers, a FDP da Virgem Escriba irem catar coquinho na descida. kkkkkkkkkkkkkkkk Ele sempre está lá pra quem precisa, e fico irada quando lembro que eles viraram a costas pra ele quando ele mais precisou.

E que venha o Butch!

Bjos

Mara disse...

Rafaela!

Pois é, o grande dia chegou e eu acabei me rendendo... agora vamos ao Wrath!

O Phury, bem ainda não me convenceu!!!

Veremos, se eu serei como vc, ou como as meninas que não toleram o caboclo!

bjos
Mara

Mara disse...

Lidy!

Cunhada que afoiteza é essa... querer ver os meninos na versão GAY... aff, que o Artan não te ouça!

Quanto ao fato da Alexis ser culpada é só parcial tá... a grande culpada... alias a mentora do Grupo ALMA Imortais... é você...rs

O Phury ainda não me convenceu!!! de jeito nenhum...

To curiosa com o Butch e aquele "vinho tinto", mas agora vou mesmo é pegar no Wrath meu Rei Cego!

bjos
Mara

Lidy disse...

Cunhada... afoita? Eu? Bem, o Phury e o Rehv são mais interessantes para mim como casal que os outros kkkkkkkkkkkkkk

"Quanto ao fato da Alexis ser culpada é só parcial tá... a grande culpada... alias a mentora do Grupo ALMA Imortais... é você...rs"
Eu? Por quê? A sugestão de criar o grupo não foi minha, dona Maria Murray. O_O

O Phury demora pra convencer, mas quando ele convence, é pra sempre. ;)

Afff, aquele vinho tinto... idiota, idiota, idiota. Até parece. Deu um nojinho. Uma coisa é um vampiro beber sangue, outra completamente diferente é um homem beber sangue e ainda ter orgasmo. Afff!

"agora vou mesmo é pegar no Wrath meu Rei Cego!"
A Beth fez isso e funcionou kkkkkkk

Bjos

Rafaela disse...

Desculpa mas tenho que me meter. *-*
Bate aqui, Lidy! o/
Ui, Phury e Rehv juntos, delicíaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!!!!!!!!!!!!! *aquela que adora ler dois homens másculos se pegando* kkkk *¬*

Bjs

Mara disse...

Lidy!

Eu realmente desconhecia esse seu lado afoito!

E se abri o Grupo, foi depois daquela longa conversa que vocês tiveram pra me convencer a ler imortais...rsrs.

Mara disse...

Rafaela!

Desculpe, mas sinceramente pra mim não rola!!!!

E essa cena definitivamente li em rápida olhada, apenas para não perder nenhum lance da trama e não ficar boiando na história!

bjos
Mara

Postar um comentário

Olá sejam Bem-vindos! E por favor deixem seus comentários.

Subscribe