Nikolau Wroth, que uma vez foi um impiedoso guerreiro humano em 1700 e agora é um dos generais do exército rebelde dos vampiros, tem que encontrar a sua noiva, a única mulher que pode lhe devolver à vida. 

Como humano convertido em vampiro, não possui coração e, por conseguinte, é mais fraco que os vampiros originais. Por esta razão quer encontrar a sua companheira, pelo poder que esta lhe outorgará... mas fica assombrado quando seu coração começa a pulsar por Myst, a Cobiçada, uma louca criatura mitológica.

Myst é conhecida em todo mundo como a Valquíria mais formosa. É uma feroz guerreira e possui uma parte extremamente sedutora que faz com que ele a deseje inclusive quando está terminando com sua vida, e que dedicou toda sua existência a proteger uma antiga e poderosa jóia e a batalhar contra os vampiros. 


Agora viu a oportunidade de atormentar a um de seus inimigos... posto que a ressurreição do coração do Wroth vem acompanhada de um ardente desejo sexual que só sua companheira — ela — pode saciar.

Durante cinco anos pôde lhe evitar, mas finalmente ele a deu caça e lhe roubou a jóia que a domina lhe outorgando um poder absoluto sobre sua pessoa. Enquanto este a tenha em seu poder, pode obter que ela faça algo e a fará experimentar de primeira mão a agonizante e infinita luxúria a que lhe teve submetido durante meia década.


Mas muito em breve Wroth se dá conta de que quer algo mais dela, não só seu desejo sexual, e termina libertando-a.... voltará Myst a seu lado??? 


Meu Comentário:

Sim, eu fui bem resistente em ler esse livro e por tabela a série. No entanto eu fiz uma promessa a minha amada Cunhada Lidy que assim que eu ganhasse o meu Tablet, essa seria uma das minhas primeiras leituras.

Meu aniversário esse ano... vai ser bem diferente, já que como boa menina que sou... (Lady d'Arques batendo olhinhos...rs), estou ganhando todos os meus presentes adiantados...rsrs.


Enfim, eu ganhei o Tablet e a minha cunhadinha do coração... (tirana opressora), me cobrou a promessa e essa semana eu me rendi ao Nikolau... (ou Nikolai) porque é assim que está na minha versão lida.

Vamos ao livro:-

Bem, uma mistura bem inusitada e pouco provável... um Vampiro e uma Valquíria. 

Sabe quando a gente se apaixona por um ídolo e segue-lhe os passos por anos, cobiçando...?? É mais ou menos assim, Myst apesar de ser "A Cobiçada", ela cobiça e muito o nosso Vampirão Wroth.

Até que quando finalmente o encontra, é explosivo e com consequências tanto para Wroth, quanto para Myst. Wroth fica com a dor e o sofrimento, e Myst com o remorso e o desejo querendo ser novamente saciado.

Myst é malvada, resistente, diria até cruel.  Nikolai no entanto é um sonho de consumo, com sua ânsia de proteger a família e encontrar sua noiva, o medo de se tornar do mal... e as cicatrizes... oh... quantas cicatrizes...rs.

Conhecer as Valquírias também é bem interessante, principalmente quando sabemos que ainda vamos encontrá-las muitas vezes.

Murdoch o irmão de Nikolai... também atiçou minha curiosidade.

O romance é cheio de altos e baixos, a consumação é um verdadeiro campo de batalha, e o desfecho é de cair o queixo.


Como eu sempre digo, o Amor é feito de Confiança. E tanto Nikolai, quanto Myst percorrem um caminho doloroso até encontra-lo.

Cuidado com Spoiller:-

A demonstração de amor de Nikolai no final é sem palavras, e a verdade é... quem precisa de palavras, quando o homem da sua vida se oferece em sacrifício para salvá-la?

Bem, se esse é apenas o aperitivo da série, digamos que realmente serviu ao seu propósito, pois fiquei bem ansiosa pelos próximos livros.

Enfim, nota 10.

12 comentários:

Alexis Leehlan disse...

Eu to lendo Uma fome Como Nenhuma Outra.. Pra variar peguei a série fora da série, kkkk

Mara disse...

Então leia o Nikolai... vc vai amar!!!!

Lidy disse...

Ui! Cunhada, tô tão feliz que você gostou! kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

O Nikolai é mara, né? Espera até conhecer o Conradão e o Sebastião direito, aaaffffffff! Eles são muito, muito maras também!

Bjos

Mara disse...

Bem, bem... ainda bem que vc não usou a clássica frase... "Eu não te falei?"...rs

Mas sim, eu gostei e muito desse vampirão.

Brigado pela dica!

bjos
Mara

Lidy disse...

Cunhada, essa frase clássica nem me passou pela cabeça. Vou deixar pra falar isso quando você tiver o vampiro cavalheiro e o vampiro doidão nas mãos. *risada maléfica - vai ficar caidinha por eles!*

Bjos

Mara disse...

Vixi... que medo!!!!!

Mas a curiosidade é maior!

bjos

Danielle CGA Souza disse...

Uau... esse parece legal... ou é culpa do nome do mocinho. XD
Tão charmoso... mas no fim das contas fiquei meio confusa... hahahaha....
Foi bom conhecer a tão falada série Os imortais.

Mara disse...

Oi Danielle!

Bem, querida ainda estou degustando... e até abrimos um Clube do livro... no Facebook e o primeiro livro a ser debatido é o Lothaire... será no domingo dia 23/09/12 as 19:00 e estão todas convidadas.

bjos
Mara

Rafaela disse...

Oi Marinha! ^^

Tbm li esse livro por *cofpressãodalidycof* curiosidade e amei! hahahaha
Vale cada página, até fiquei triste pq achei curtinho rs.

Essa série promete!!!
Bjs

Lidy disse...

"Pressão da Lidy" é a expressão preferida de vocês, né?! Afff! *rindo horrores*

Mas não precisa agradecer, Rafa! rs

Mara disse...

Lidy!

Uma familia é feita de parentes... pressão é uma expressão leve para nossas conversas sobre os imortais...rs

Rafa!

O que seria da nossa vida literaria sem as "dicas" da Lidy né Rafinha?

bjos
Mara

Lidy disse...

Gente, que abuso! Tô sofrendo cyberbullying! Vou contar tudo pros nossos parentes!

PS: ai, meninas, como eu me divirto com vocês! rs

Postar um comentário

Olá sejam Bem-vindos! E por favor deixem seus comentários.

Subscribe