Inglaterra, 1086

Na Inglaterra feudal, Elizabeth Montwright escapa por um triz de um massacre que destruiu sua família e a exilou de seu castelo ancestral. Decidida a vingar-se, passa outra vez pelos portões da sua antiga fortaleza, disfarçada de camponesa, para pedir ajuda a Geoffrey Berkley, o poderoso lorde que expulsou os assassinos de sua família.


O corajoso guerreiro ouve suas súplicas, resisti a suas exigências e jura seduzi-la. Contudo, ao lutar contra as carícias desse guerreiro, o coração de Elizabeth se inflama de amor pelo homem que se tornará seu defensor.

Meu Comentário:

Seria chover no molhado dizer que o livro é hot, que Geoffrey e Elizabeth lembram Sophie e Nicholas de Lacy e etc,. Por isso nessa resenha vou falar do sentimento que esse livro me despertou.

Fazia anos que eu desejava esse livro e quando o encontrei na Feira do Livro, é claro que ele foi para o topo e apesar de tentar me controlar... eu o devorei... rsrs.

Geoffrey é um legítimo guerreiro com idéias bem medievais e mega-possessivo.

Já Elizabeth é uma mulher à frente do seu tempo com idéias bem modernas para a época.

Esse livro me fez lembrar uma história que conta o efeito da adversidade sobre cada um, e Elizabeth e Geoffrey me lembrou muito a água e o pó de café.  (Para ler Clique aqui).

Elizabeth e Geoffrey é bem assim, seres quase imutáveis, teimosos e de natureza indomável, no entanto em meio aos gritos e às crises de adaptação desse casamento nós contemplamos às mudanças silenciosas, as modificações no ser e na alma de cada um.

A cena final onde Elizabeth demonstra sua confiança e devoção absoluta é de uma beleza singular, vemos nesse momento, o amor verdadeiro operando e fortalecendo a relação que o permeia.


Posso afirmar que valeu a pena a busca, muito mais a leitura. Vai para a coleção dos intocáveis e com certeza será muitas vezes relido.

Nota 10.

7 comentários:

Lidy disse...

"Seria chover no molhado dizer que o livro é hot, que Geoffrey e Elizabeth lembram Sophie e Nicholas de Lacy e etc,."
Pronto, esse livro me ganhou aqui.

Mara disse...

Cunhada!

Não é propaganda enganosa, o livro é realmente muito bom e a mocinha... eu sei que vc vai gostar muito dela!

Leia e depois me conte!

bjos
MARA

Lidy disse...

Cunhada... você nunca erra! kkkkkkkkk

Bjos

Suelen Mattos disse...

Amigaaaaa, acredita que eu tô com esse livro aqui há um tempão pra ler e não li? Achei no sebo e resolvi comprar. Quando peguei pra ler, ganhei um outro livro que eu queria ler e acabei deixando ele de lado. Tinha até me esquecido do bichinho... até agora, hehe!!!! Que bom saber que o livro vale a pena!!!!

=)

Danielle CGA Souza disse...

Essa resenha foi muito boa... teimosos que se unem,ou tentam... hahaha
Oh vida... eu confesso que não esperei o casamento... mas já que consta uma armadilha para a perdição.
Curiosa quanto a cena final. o.O

Mara disse...

Suelen!

Esse livro é um tesouro... eu amei e espero que vc tb o aprecie!

Danielle!

A cena final é lindissima, prova de amor... confiança. Lindo demais!

bjos
Mara

Larissa disse...

Não faz muito o meu tipo de literatura, mas parece ser bem interessante. Beijo.

http://vitaminadepimenta.blogspot.com.br/

Postar um comentário

Olá sejam Bem-vindos! E por favor deixem seus comentários.

Subscribe