Romance Temporário 

Quando Tamalyn Haynes concordou em ser madrinha de um casamento, não imaginou que dançaria com um homem tão... perfeito!

Fletcher Stanton não só é puro charme, como seu desejo é implacável. E agora ele quer Tammy. Mas há uma condição: será apenas um romance temporário. 

Casamento está fora de questão. No entanto, as noites de paixão que passam juntos trazem resultados com os quais Fletcher não contava...

Meu Comentário:

Conhecer o homem da sua vida no casamento da sua melhor amiga é clichê.

Ser a madrinha ao lado dele, sabendo que ele é super-dotado, mega-milionário e excelente bailarino (nunca tinha ouvido falar de nenhum nerd expert em dança), é uma idéia completamente nova.

Seis amigas unidas por uma amizade que as tornaram irmãs de coração.

As cinco amigas são fundamentais  e prestam grande apoio à Tammy e seu coração quebrado.

Fletcher é um sedutor nato, mas um rato covarde em se tratando de amor.

Tammy tem muito trabalho com esse turrão.

É super bonito ver os seis casamentos e o livro é uma prova clara de que o amor transforma e une as pessoas.

Nota 10.

*****

Filho Proibido 

Roark Navarre é cruel e implacável. E agora precisa seduzir a bela Lia de qualquer maneira!

Ela e sua família foram vítimas da ambição de Roark, mas é tarde demais para se lamentar: logo ela descobrirá que está esperando um filho dele.

E ela não quer que Roark, seu grande inimigo, venha a saber. Porque, certamente, ele fará o que sempre fez: pagar pelo que deseja!

Meu Comentário:

Roark é um arrogante.

Lia uma inocente.

A química do casal é arrebatadora, visto que as cenas hots são bem inusitadas:
  •  Jardim de rosas,
  • Ármario de limpeza...
Isso só para citar alguns lugares... 

Para esse casal explosivo não existem regras, só paixão.

Lia é viúva por isso Roark cai do pedestal quando descobre seu pequeno segredo.

Livro muito bom.

Roark tem Momento Ogro, mas nada que o leve à condenação eterna.

Vale a leitura com certeza.

Nota 10.

4 comentários:

k-rol disse...

olá! tudo bem?!
bem, até onde eu sei os mocinhos da JL tem seu "momento ogro" mas eu gosto de estilo de livro principalmente se sua derrapada (=fazer a mocinha sofrer o pão que o diabo amassou)é bem recompensada com uma boa trama e tbm com um belo final feliz ...e essa autora ela tem digamos... uma veia trágica só vista na Carol Marinelli e tbm em algumas histórias da Michelle Reid (que ultimamente não fez uma história que preste!)e a finada Penny Jordan!
mas a Emmma Darcy que!? fazendo mocinhos cretinos? pois mocinhos sedutores e covarde para mim são basicamente isso ! ai! depois dessa análise freudiana eu TENHO QUE LER ESSAS DUAS HISTÓRIAS!
xau!

Danielle CGA Souza disse...

Eu quase sempre amo as histórias da Emma Darcy ela sabe escrever com bom humor e ótimas doses de implicância até chegar no ápice do romance... adoro!!! Esse livro parece seguir a mesma "receita" e eu o leria com toda certeza!!!
Não me recordo de ter lido algo da Jennie, mas esse Roark só pelo nome me deu um pouquinho de antipatia.... e depois de ler que ele cai do pedestal e tem seu momento ogro... eu acho que seria uma boa dar uma lidinha para ver o que penso a respeito... hahaha

Mara disse...

K-rol!

Garota realmente o livro da Jennie é tragico, mas não pesado, e apesar de algumas cenas frustantes, o livro vale a pena.

Já Fletcher é superdotado, um homem que venceu na vida e tem tudo o que quer. O problema é que ele é um solitário, e se sente rejeitado.

Com uma personalidade assim, fica mais facil de entender as crises dele...rs

Mas garanto que vale a pena.

bjos
Mara

Mara disse...

Dani!

A Emma sou suspeita pra falar, mas gosto demais dela, então leia...

Satisfaça a sua curiosidade, pelas cenas hots garanto que o Roark garante grande simpatia... o homi tem pegada...kkkkkkkkkk

bjos
Mara

bjos
Mara

Postar um comentário

Olá sejam Bem-vindos! E por favor deixem seus comentários.

Subscribe