Uma Escola de Charme

ELA NUNCA APRENDERA TANTO EM TODA A SUA VIDA...


1851 

Isadora era o patinho feio na loura, angelical e perfeita família Peabody. Desajeitada, tímida, anti-social e inteligente demais para uma sociedade onde a futilidade era a regra, Isadora não conseguia se ambientar. 

Ignorada por todos - incluindo o homem a quem acredita amar - ela decide embarcar numa aventura: viajar no Cisne de Prata até o Rio de Janeiro. 

Seria a tradutora e intérprete oficial da tripulação, além de acompanhar Lily Calhoun. Ela só não imaginava que passaria por uma série de mudanças, ajudada pela curiosidade e vontade de aprender e que aqueles marinheiros rudes, de todas as idades, seriam excelentes professores. 

Muito menos que o capitão Ryan Calhoun, que tinha motivos secretos para o sucesso daquela viagem, que não foi com a cara dela e fazia o possível para espezinhá-la, poderia se revelar um homem muito especial...

Meu Comentário:

Ryan é o tipo de canalha sedutor que conquista por onde passa. Isadora é o patinho feio que se transforma através da aventura e a convivência com rústicos homens do mar.

Livro adorável de ler, ambientado no nosso selvagem Rio de Janeiro e com uma "peculiar" cena de amor regida por uma "erva medicinal indígena".

A declaração de amor de Ryan é simples, direta e honesta. 

O final é o que a gente ama em romance.

Nota 10.

4 comentários:

Lariane disse...

AMOO AMOO AMOO! Um dos the best of the best :D

hahahahhaha

Beijo,
Lariane - www.leiturasedevaneios.com.br

ALEXIS disse...

"... com uma "peculiar" cena de amor regida por uma "erva medicinal indígena"."

Mara, agora fiquei curiosa, kkkkkkkk.

Mara disse...

Oi Lari!

Realmente esse livro é daqueles imperdíveis e com ctz vale a pena!

Certeza sempre de ótima leitura!

bjos
Mara

Mara disse...

Alexis querida!

Infelizmente não poderei detalhar... mas posso te dizer que é uma cena pra lá de peculiar.

Sim, ao que tudo indica o mocinho usa uma erva nativa que dá "sensações" por assim dizer.

Como eu já vi muitos seduzirem as mocinhas embebedando-as... achei essa "erva" no mínimo bem peculiar.

Correm muitas opiniões, mas ninguem pode afirmar com certeza o que é...rs...

Enfim, amiga leia pra me dizer o que achou!

bjos
Mara

Ps. brigado pelo selinho!

Postar um comentário

Olá sejam Bem-vindos! E por favor deixem seus comentários.

Subscribe