Amor em Cena

Até que ponto assumir riscos é o verdadeiro caminho para a liberdade?

Segura, estável e insatisfatória: assim era a vida de Maggie Stanton. Até surgir Matthew Stone, a versão adulta de seu melhor amigo de infância. E ele tem o poder de acelerar ao máximo a imaginação de Maggie, a ponto de levá-la a assumir riscos.

O único problema é que Matthew está mais do que disposto a ser um passaporte para lembranças: ele quer se casar. E logo.

Para Maggie, esse casamento-relâmpago seria a ver¬dadeira união de almas gêmeas.

Até que ela descobre o grande segredo guardado por Matthew.

Meu Comentário:


Tenho certeza que é um excelente livro. Pelo que percebi o romance é bem tramado e algumas cenas são lindíssimas.

Segue abaixo uma das cenas que mais gostei:

O jantar foi delicioso e Matt manteve a conversa sobre tópicos seguros - filmes que tinham visto, livros que tinham lido, e como tinham dez anos para  botar em dia, nunca lhes faltava assunto. 

Quando terminaram a sobremesa, a garçonete trouxe um buquê de rosas vermelhas e entregou a Maggie.

- São maravilhosas.
- Só onze... - Matt sussurrou. - Você completa a dúzia. Havia um cartão entre as flores: "FAÇA AMOR COMIGO ESTA NOITE", estava impresso em letras maiúsculas.

Maggie sentiu vontade de chorar, porque sabia a razão dele estar fazendo aquilo. Matt segurou sua mão e beijou suavemente a palma. Tudo era perfeito. Exceto que nada daquilo era real. Ele só estava fazendo aquilo por piedade.

- Matt... - ela começou, mas ele sacudiu a cabeça.
- Não diga nada agora... Vamos dar uma volta.



Só para constar o Matthew é apaixonado pela Maggie desde os tempos do colégio, no entanto ele era namorado da melhor amiga dela.


Ele e a melhor amiga dela tiveram um rompimento traumático, e Matthew parte voltando agora muitos anos depois e querendo finalmente ter a chance com o grande amor da sua vida, a Maggie.

Nesse momento do livro a Maggie acabou de romper com o "noivo", e na mesma noite descobriu que o noivo tinha caso com sua irmã e era a causa do divórcio da irma. Daí ela imaginar que ele queria ela por pena... afff. 

Lembrando que ela se ofereceu para ele na noite anterior, mas estava bêbada e Matt cavalheiro que é, não quis se aproveitar dela. No entanto agora... com ela sóbria... ele investe e esta é a cena que postei acima.


Infelizmente tivemos o assassinato do livro numa cruel mutilação.


Zero para NC.


10 para a autora!

4 comentários:

ALEXIS disse...

OO
cortado? como?
não aguento isso sabia?! Livros maravilhosos sendo destruidos assim.
E amiga eu te digo, mutilar é nada perto do que as vezes eles fazem: mudar completamente a história.
Suzanne Brockam é demais.

bjus

k-rol disse...

não achei essa hist´ria essas coisa não...

Lariane disse...

Sério que houve assassinato? Droga! NCCC arghhhhH!


Beijo,
Lariane - www.leiturasedevaneios.com.br

Mara disse...

Lari, K-rol e Alexis!

Mutilaram sim... na verdade a história é boa, o Matt é ótimooooooo!

Infelizmente a pessoa que fez a tradução, priorizou as frases com travessão... e simplesmente eliminou toda e qualquer descrição emocional...

O livro é todo é de frases curtas e momentos rapidos, passando de um momento pro outro de forma quase relampago.

Eu conheço a escrita da Suzanne e sei que ela não faria um livro assim.

bjos
Mara

Postar um comentário

Olá sejam Bem-vindos! E por favor deixem seus comentários.

Subscribe