Amor Cativo



Escócia 1761

Deveria ser um sonho, fruto de seu exagerado desejo de aventura. Katrine Campbell custava a acreditar que havia sido sequestrada por um demônio de cabelos negros que a olhava com desdém e zombaria.

Suas ideias românticas sobre os valentes homens das Terras Altas se desvaneceram mas não a determinação de infernizar a vida de seu captor. Ele conhecia a força de seu temperamento explosivo, o poder de reação de uma Campbell.

O jovem senhor do clã Maclean se achava na obrigação de vingar os parentes da perfídia dos Campbell. Durante séculos persistia a hostilidade entre os clãs, e o primeiro diálogo que tivera com sua prisioneira reafirmava sua convicção sobre a astúcia e a falsidade de seus inimigos. A refém era bela e perigosa, capaz de preparar-lhe uma doce e cruel armadilha… e fugir!

Meu Comentário:

Precisando de um mocinho turrão, teimoso e ogro? Então leia esse livro sem medo de ser feliz...rs.

Por sorte e para equilíbrio, a Katrine é tão teimosa quanto Raith, sua firmeza e determinação fazem o livro valer a pena.

Raith tem um primo muito galanteador, o Callum, e eu confesso que se fosse a Katrine pensaria seriamente em trocar de herói...rs.

Enfim, quando você pensa que o livro está perdido, a autora acha o tom do sucesso e Raith ganha um tom bem humorado, nesse momento o livro me conquistou afinal é impossível resistir a um homem com senso de humor.

Nota 9.

0 comentários:

Postar um comentário

Olá sejam Bem-vindos! E por favor deixem seus comentários.

Subscribe