O Semideus

Com a morte do pai, Catherine é avisada que seus dois pequenos meio-irmãos, de quem ela sempre cuidara, ficariam sob a guarda de um tio deles — Stefan Medopolis —, que vivia numa ilha na Grécia.

Para não se separar tão bruscamente dos garotos, Catherine concordou em morar uns tempos com a família Medopolis, até que as crianças se habituem ao novo lar. Mas Stefan — um homem forte e sedutor — é o poder supremo da família, a voz que decide o destino de todos.

Com o tempo, ameaça interferir na vida de Catherine também. Embora adore os meninos e se sinta secretamente atraída por Stefan, poderá Catherine suportar uma situação como essa?

Meu Comentário:

Grego arrogante, mocinha tola, cunhado safado e uma trama fraquinha.

Neste "romance" Stefan trata Catherine como se ela fosse débil mental, uma boneca manipulável e sem força de vontade; e pasmen, ela realmente é essa afronta ao gênero feminino, uma verdadeira vergonha para nós mulheres.

Nota???  Vou me abster dessa avaliação, pois terminei de ler com muito esforço.

0 comentários:

Postar um comentário

Olá sejam Bem-vindos! E por favor deixem seus comentários.

Subscribe