Diário de uma Paixão

A história começa no início de outubro de 1946 quando dois jovens, Noah Calhoun e Allison Nelson, se conhecem e se apaixonam perdidamente. 

Tudo parece perfeito, quando a família de Allie a impede de continuar a vê-lo devido a enorme diferença de classe social entre os jovens. 

Allie e Noah, lutam para levar uma vida normal, mesmo estando distantes. Até que um artigo de jornal muda tudo e reacende um amor há 14 anos adormecido.

Meu Comentário:

É um livro que fala de um amor eterno e único. Um amor capaz de ultrapassar a barreira do impossível e confundir a medicina.


Um amor com força suficiente para quebrar os paradigmas do desnível social, capaz de ser mais forte que a consciência e o remorso humano.


Diário de uma paixão nos conta a historia de um amor pleno e absoluto que sobreviveu a todas as fases da vida, desde os percalços mais difíceis até os mais simples, inclusive os atos de convivência do cotidiano.


Alguns trechos são lindissimos... mas temo não saber em qual chorei mais... ou com qual me encantei mais...

São tantas as cenas... que emocionam e que nos induzem a repensar as nossas vidas e decisões que simplesmente é impossível parar de chorar.


No entanto a beleza e emoção da carta da Allie como última lembrança antes da evolução da doença...é de torcer o coração e sangrar a alma...


O livro é simplesmente inesquecível!


Por favor não fiques zangado comigo nos dias em que não me lembrar de ti, e ambos sabemos que virão. Sabe que te amo, que sempre te amarei, e que o que quer que aconteça, sabe que eu vivi a melhor vida possível. A minha vida contigo.

E se guardares esta carta para a leres outra vez, acredita então no que agora estou a escrever para ti. Noah, onde quer que estejas e quando quer que isto seja, amo-te. Amo-te agora enquanto escrevo isto, e amo-te agora enquanto lês isto. E lamentarei muito se não for capaz de to dizer. Amo-te profundamente meu marido. És, e foste sempre, o meu sonho.

Allie


Em "Diario de uma paixão" temos uma história de amor, como as que lemos em nossos livrinhos... com dúvidas, acertos e muiiiiiiiiiito amor.

O que torna diferente é que ele não pára no felizes para sempre... ele continua a contar os anos felizes... e descreve o amor em sua forma mais plena e absoluta... mostrando como é VIVER isso!


Confesso que é o primeiro livro que leio dele... só via os filmes... mas os livros são muiiiiiiiiito... mas muiiiiiiiiiiiiiiiito melhores mesmo... a riqueza de detalhes encanta e conquista.

Eu assisti vários filmes baseado em livros dele, mas é a primeira vez que leio.

Admito que chorei em todas as páginas... Sim!!! E não estou exagerando, do meio pro final então... foi um verdadeiro rio de lágrimas.

E já adianto a quem se aventurar, pegue o livro e pelo menos umas duas caixas de lenço descartável!...rs




O Filme




Depois de ler o livro, o filme na minha humilde opinião ficou devendo e muito à beleza original do talento de Nicholas Sparks. Ainda assim, super vale a pena assistir.

Agradecimentos especiais à amiga Danielle Mano que me emprestou o livro. Gracias amiga!

4 comentários:

Fabiana disse...

Li esse livro numa compilação da Seleções Rider's Digest em 2000 e ele ainda se chamava "O caderno de Noah". Agora NIcholas Sparks virou febre e até mudaram o nome para o do filme, que aliás já assisti!!!! seu blog tá lindo!!!! Bjos Fabi!!

Mara disse...

Oi Fabiana!

Brigado pela visita e pelo carinho!

Admito que do Nicholas só tinha visto os filmes e claro chorado muito...

Agora depois de ler, fica dificil me contentar com os filmes apenas!

Por isso vou correr atrás dos livros!

bjos
Mara

Gabi Cardoso disse...

Oi Mara! eu só tinha visto o filme e chorei rios de lágrimas...achei que o livro ia ser igualzinho ao filme e que ñ valia apena ler...sua postagem me deu mt vontade de ler o livro...toh prevendo q vou chorar horrores..rsrsrs..bjs!

Mara disse...

Gabi!

O livro sem sombra de dúvida é muito melhor do que o filme!

E alguns dados do filme foram alterados, só para citar a fonte do dinheiro da compra da casa mesmo não foi a venda da casa do pai de Noh, e devo afirmar que a versão do livro para a origem desse dinheiro é muito melhor!

Enfim, o livro é muiiiiiiiiiiito mais belo... e sim você vai chorar muito, e simmmm vale a pena ler o livro!

Bjos
Mara

Postar um comentário

Olá sejam Bem-vindos! E por favor deixem seus comentários.

Subscribe