O Destino de Lily

Escócia, 1654
Ela voltou no tempo... certo para ele!

Lily Hamlin finalmente percebeu que sua vida não é tão perfeita quanto pensava. Ela espera que a viagem à Escócia, um país que ela conhece apenas pelas histórias contadas por sua avó, a ajude a se reencontrar outra vez. Mas enquanto explora as Terras Altas, ela descobre um labirinto de vegetação e um estranho mapa encravado numa pedra... e vai parar em Lochaber, trezentos e cinqüenta anos atrás... Ewen Cameron é um homem ocupado, que precisa encontrar um meio de salvar seu clã dos sanguinários casacos-vermelhos. Viúvo e com um herdeiro, ele não tem disposição, nem tempo, para romance... Até que surge em sua vida uma mulher petulante, com um sotaque estranho e roupas esquisitas, que não liga a mínima para o seu título, porém estonteantemente bela... Atraídos um pelo outro, apesar das diferenças, Ewen e Lily percebem que nenhum dos dois deseja a volta dela ao século XXI. Mas com as batalhas entre os Cameron, os casacos-vermelhos e um clã rival, ficar é uma decisão arriscada...

Meu Comentário:
A sinopse promete.

Mas não sei se por conta da estória da Sandy Blair "A lenda de um Amor" sobre o mesmo tema, que é fantástica, me senti um pouco decepcionada com essa da Veronica Wolff.
 
Não me senti envolvida na trama, e fiquei profundamente chateada por Robert, irmão do mocinho, morrer.
 
Na minha humilde opinião acho que quando se viaja no tempo é para mudar os acontecimentos e foi extremamente frustante pra mim, saber que Robert ia morrer, e ver que Lily não veio para modificar esse fato.
 
Sinceramente a estória é bonita, bem feita, provavelmente foi mutilada, pois algumas partes pra mim ficaram soltas, nada que comprometa...mas...
 
Não me cativou, nem empolgou ao ponto de ler ela de novo algum dia numa outra ocasião.

Enfim, nota 3.

PS. Fiquem a vontade para discordar...rsrs.

0 comentários:

Postar um comentário

Olá sejam Bem-vindos! E por favor deixem seus comentários.

Subscribe