Conquista Amarga - Emma Darcy


Atraída pelo proibido… 

Jake Freedman planejava sua vingança contra o homem que destruiu sua família. 



Se um encontro com a filha dele fosse o meio mais eficaz de amansar seu pior inimigo, Jake vestiria seu melhor terno, capricharia no sotaque italiano, no olhar cínico e no sorriso de arrasar para fazer com que Laura Costarella se apaixonasse por ele.


 Porém, conquistar Laura se tornou um desejo maior do que arruinar o pai dela…


Meu Comentário:


Achei o livro insonso, sinceramente não consegui reconhecer os traços que sempre me cativam nos livros da Emma.


O Jake não me passou segurança, na verdade senti um ar de indiferença, como se ser feliz ou infeliz não quisessem dizer nada.


Já a Laura gostei, principalmente por ela ser o porto seguro da mãe, ainda que para isso tenha  tido que sacrificar alguns anos de sua vida.


De bom mesmo, só os jantares e claro os encontros pós jantares.


Laura se doa, se apaixona, se entrega e corre atrás.


Jake... é um homem inerte diante do fim, conformado em jamais ter direito à felicidade. Ele se acha indigno e se mostra covarde por não lutar por seu amor.


Achei frustante ele aceitar como certo, o fato de que não ficariam juntos.


Nota? Vou me abster.



_____________________________________________


Tradição no Papel - Maisey Yates

Casamento de mentira... noite de núpcias de verdade!
Quando Lily Ford, uma relações públicas esperta e ambiciosa, assina um contrato com Gage Forrester, ela não desconfia que novas cláusulas podem surgir.

Gage exige que Lily fique ao seu lado 24 horas por dia, sete dias por semana! Então, quando ele precisa gerar burburinhos positivos, sua solução surpreende Lily: Ele a pede em casamento! Tudo em nome dos negócios, é claro. Mas talvez esse novo acordo não seja somente no papel, pois Gage costuma seguir tradições.

Meu Comentário:

Muito melhor do que o 1º livro com dois personagens marcados pelas escolhas egoístas dos pais, temos um romance com características de um caso passageiro, visto que nenhum dos dois deseja compromisso, mas somos premiados por um tórrido romance de amor.

A química dos dois é surpreendente, e mesmo quando decidem racionalmente terminar a relação, é impossível manter as mãos longe um do outro.

É engraçado como os dois se acham incapazes e indignos de amarem e serem amados.

Lembrei-me de uma música do Lady Antebellum As Your Turn Away. Dizendo Adeus, partindo... mas desejando muiiiiiiiiiiiiito ficar.

Por essa densidade emocional e por ótimas cenas, principalmente as hots, o livro vale a leitura.

Ah! Só para constar o final tem uma cena digna dos melhores filminhos de romance, o que reforça ainda mais a nota 10.

0 comentários:

Postar um comentário

Olá sejam Bem-vindos! E por favor deixem seus comentários.

Subscribe