Paixão e Vingança

Escócia, 1386

Chamas da paixão
Durante seis anos, Sine Catriona Brodie se apegou a um juramento de vingança. Artista de rua e ladra de bolsos por ofício, Sine só está ganhando tempo até poder derrotar seus parentes traiçoeiros. Nada a desviará de seu objetivo, nem mesmo Gamel Logan, um cavaleiro cujo olhar penetrante e braços ardorosos despertam nela um anseio tão delicioso quanto indesejado...

Desde a primeira vez em que vê Sine, num acampamento à beira da estrada, Gamel sabe que aquela jovem, com olhos cor de violeta e cabelos sedosos e prateados como o luar, é a alma gêmea que ele tanto procura. Sine, no entanto, insiste em dizer que pertence a outro homem, embora sua reação imediata à sedução de Gamel a desminta. Gamel promete ajudá-la a recuperar suas terras de um inimigo ardiloso, sabendo que o mais difícil de tudo será convencê-la a esquecer o passado e a confiar em seu amor...


Meu Comentário:

A trama é ótima, o Gamel é muito bom, Tdb em todos os sentidos, mesmo quando usa de chantagem para conseguir ficar com Sine Catriona, a gente perdoa porque entende-lhe o desespero.

As cenas de ciúmes de Gamel com Fairthing Magnum (uma espécie de Liam Cameron), são hilárias e tornam a possessividade de Gamel extremamente evidente.
A Sine cansou um pouco com aquela estória de sangue contaminado pelo mal da mãe... affffffffff mas a solução dos amigos pra mim foi perfeita.
Nota 10 com certeza!

À Parte

O que me deixou intrigada nesse livro é que a estória de Gamel Logan e seu pai William Logan com a madrasta Edina é exatamente igual a estória de “A Bela e a Fera”.
Sim, William Logan tem a mesma cicatriz no olho, a perna rígida e a falta de algumas pontas de dedo nas mãos, exatamente igual Thayer de Saytun.
E tem mais, William como Thayer conseguiu essas cicatrizes quando lutou para conseguir o baronato e se tornar um homem digno da rica herdeira Edina... igualzinho Gytha e Thayer.
Além disso, Gamel tem a mesma estória de Bek, o filho bastardo de Thayer. A mãe tentou matá-lo ainda na gestação, e enforcá-lo ao nascer. Também usou Gamel para atingir Edina como em “A Bela e a Fera”, onde ocorreu o mesmo com Bek e Gytha.
Ainda tem as datas e a idade do Gamel... o livro do Thayer ocorre em 1365, Bek está com a idade de mais ou menos 6 anos e no livro do Gamel que acontece em 1386o Gamel está com 27 anos. Façam as contas...rs
Enfim, para mim “Paixão e Vingança” é continuação de “A Bela e a Fera”.
Porque Hannah Howell trocou os nomes?
Na minha humilde opinião o motivo é os livros terem sido lançados por editoras diferentes e sob pseudônimos diferentes, ainda que no mesmo ano.

0 comentários:

Postar um comentário

Olá sejam Bem-vindos! E por favor deixem seus comentários.

Subscribe