Londres, 1880

Uma promessa para sempre!

Exteriormente, Lauren Fairfield é um modelo de mulher nobre e sofisticada. Em seu coração, porém, ela anseia por um amor perdido... Por isso Lauren quase desmaia quando descobre que o atraente cavalheiro recém-chegado à Londres, é ninguém mais ninguém menos que Tom Warner, o rapaz por quem ela um dia se apaixonou!

Tom está em Londres para reivindicar o título de conde de Sachse, e também para honrar um juramento feito no passado à uma linda jovem, uma promessa escandalosa que nenhuma dama de respeito ousaria cumprir... O futuro de Tom é a aristocracia, e Lauren jamais poderia amar um nobre pedante e dominador.

Mas a chama que ela um dia acendeu no coração de Tom ainda arde, e ele não descansará enquanto não provar à orgulhosa e relutante beldade que "para sempre" é uma promessa a ser cumprida...


Meu Comentário:


É um livro para chorar; pois admito que ao longo da trama por muitas vezes senti os olhos rasos d'água.Um amor capaz de durar por 10 anos, numa distancia enorme e sem esperança.

Durante dois anos Tom escrevia uma carta por dia para Lauren e nunca recebeu resposta. Espaçou as cartas à uma por mês, continuou escrevendo, ainda que não houvesse esperança por causa do silêncio de Lauren, Tom jamais desistiu.

Paixão Selvagem é um romance diferente dos que estamos acostumadas a ler, pois ele nos conta a história de amor de Tom Warner. É com ele que você ri, chora e se emociona.

Um livro inesquecível, perfeito, sensível, único!

Quando Lauren sofre um atentado e fica inconsciente, Tom começa a lhe contar o que continham as cartas que sua mãe queimara sem ela ler.

Nesse momento chorei mesmo, admito que senti as lágrimas correrem e eu precisei parar a leitura para recuperar a respiração.

Cada palavra traduzia a dor, o amor e a eterna esperança do Lord Cowboy.

Lauren me irritou com sua teimosia em querer voltar ao Texas, mas se redime nos momentos finais, revelando que seu amor era tão forte quanto o de Tom.

Não fiquei com raiva da mãe de Lauren... Apesar dela ter impedido a filha de receber as cartas de Tom e não enviado as de Lauren seu erro se justificou no desejo de poupar a filha de maiores sofrimentos, ainda que sua atitude tenha na verdade quase causado a ruína de um grande amor.

O livro prova que o Amor Verdadeiro é Imortal, mesmo quando parece impossível o sentimento sobreviver.

Nota 10. Absolutamente Perfeito!!!!!

2 comentários:

ALEXIS disse...

Menina, eu chorei mto lendo esse livro, mas é lindo. O outro que precede esse, Para Amar Outra vez tbm é mto lindo. O Tom aparece pela primeira vez lá.

Mara disse...

Oi Alexis!

Esse livro é lindo mesmo!

esse "Para amar outra vez!" não li... mas mediante sua indicação vou procurar!

bjos
Mara

Postar um comentário

Olá sejam Bem-vindos! E por favor deixem seus comentários.

Subscribe